sexta-feira, 26 de maio de 2006

Aposta que ficas com a bosta...

Ora aqui estamos nós pra mais um mundial.
Será que será?
Coragem amigas do meu pasto, afinem a pontaria e apostem, pois só assim podem entrar na corrida para a bosta.
Eu cá já esfreguei os meus cascos, ruminei a coisa por uns dias e já tenho na mira uns palpites, este ano a bosta na me escapa...
Apetrechem a vossa arrecadação, encham os vossos frigorificos, enventem novos palavrões que a bola já se avista no pasto, preparar para ruminar e mugir no palheiro mais próximo de si...

estou à vossa espera....

Muuaaahhhh

segunda-feira, 22 de maio de 2006

Toda a gente

Toda a gente critica o telemóvel do vizinho
Mas, no fundo, toda a gente queria ter um igualzinho
Toda a gente grita: todos diferentes todos iguais!
Mas, se calhar, há uns quantos bacanos a mais...
Toda a gente quer ser solidária
Mas, na hora da verdade, toda a gente desaparece da área!
Toda a gente quer ser muito moderna
Mas a tacanhez essa há-de ser eterna.
Toda a gente quer fazer algo de original,
Acabando por copiar aquilo que acham original;
Toda a gente repara se acabo duas frases da mesma maneira
(se for esse o caso, toda a gente caiu na ratoeira)
Apenas quero confirmar se estou a receber a devida atenção
Da parte de toda a gente que ouve esta canção
Toda a gente precisa de parar e relaxar um bocado
E eu, como toda a gente, já ‘tou stressado

Da Weasel

(e mai' nada!)

sexta-feira, 19 de maio de 2006

Pétalas e Penas


Integrada nos Encontros de Porto Pim e organizada pela Direcção Regional do Ambiente, inaugura hoje, 19 de Maio pelas 19.30, no Castelo de S. Sebastião - Ecoteca do Faial, a exposição de fotografia Pétalas e Penas.
A Fauna e a Flora açoriana pela objectiva criativa de Carlos Ribeiro, Helder Fraga e João Melo.
Os Encontros de Porto Pim decorrem de 19 de Maio a 5 de Junho. Pode ver a programação de actividades na agenda da CMH.

Foto de Carlos Ribeiro

domingo, 14 de maio de 2006

Chocolate vale mais a pena??

- O chocolate não reclama por o comeres depressa ou devagar;
- Podes pedir chocolate directamente sem levares dois estalos;
- Podes comer chocolate à frente da tua mãe;
- Podes comer chocolate no carro sem que a polícia te chateie;
- Se a criançada te vir a comer chocolate, não te vai fazer perguntas constrangedoras;
- O chocolate é bom, mesmo quando amolece;
- Se o morderes com demasiada força, o chocolate não grita;
- O chocolate não deixa pêlos na boca;
- Não é preciso mentir para ter chocolate;
- O chocolate não quer saber se essa é a tua primeira vez;
- Um bom chocolate é fácil de encontrar;
- Nunca se é muito jovem nem muito velho para lhe dar uma trinca;
- Quanco comes, os vizinhos não ouvem (desculpe lá, D. Cremilde!);
- O tamanho do chocolate não equivale ao prazer proporcionado;
-O chocolate cheira sempre bem;
- Não dói comer chocolate pela primeira vez;
- Pode-se comer à vontade sem risco de engravidar;
- Não transmite doenças;
- Não é preciso usar protecção entre nós e ele;
- Não é preciso fazer intervalos entre chocolates;
- Depois de comer, seria perda de tempo e figura de urso abraçar a embalagem.

Façam o que vos apetecer, mas por amor dos anjinhos... Não façam dieta! ;)

sexta-feira, 5 de maio de 2006

How Lucky Are You?

Your Luck Quotient: 90%

You have an extremely high luck quotient.
Not only do you consider yourself lucky, probably everyone you know does too.
But you're smart enough to know that you've mostly made your own luck.
By being positive, open, and flexible, a lot of luck has come your way!

terça-feira, 2 de maio de 2006

monoTONE

"antes de saíres para o trabalho, arrumas à pressa o dia anterior
para debaixo da cama.
guardas o coração ainda adormecido bem dentro do teu corpo
e esqueces essa canção que já não passa na rádio
mas que vive secretamente dentro de ti.
fechas a porta à chave com duas voltas e sais.
os teus passos na escada fria soam ligeiros e apagam-se,
perde-se o rasto, easy listening,
guardas tudo para ti como um ex-dj...
assim partes, quase a correr.
parada junto à passadeira, protegida num gesto ledo
fixas o olhar na sombra dos carros que passam.
esperas pelo sábado,
pelo feriado e suas pontes,
pelas férias para ouvires as tuas canções.
sentes-te longe, silenciosa de luz."

Aposto que não fui a única deste pasto a ir ao concerto dos NAIFA no Teatro Faialense e também aposto que não fui a única a achar que valeu mesmo a pena! ;)